Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTAÇÕES DO AMOR

A primavera passou
E apenas vozes ecoam
Como tanger dos sinos
Na Ave Maria.
Com ela partiram meus encantos,
Meus sonhos e esperanças acalentados.
A mais tola aspiração foi esvaecida
Nas mangas largas do tempo.
Nem mesmo, um só ramo de esperança
Ficou para serenar este pranto,
Essa saudade inimiga.
As chagas de um amor esmorecido,
Ardem, atrozmente, nesse
Pobre coração, tão sofredor.
Nesse inverno de angústias,
Nem mesmo um raio de felicidade
Vem iluminar as implacáveis
Dores, ali alojadas.
Talvez um verão,
Disfarçado de outono
Transcenda esse cruel sofrimento
E os deuses do amor
Se compadeçam de mim
Esvaindo-se em sangue
Essa profunda afeição.
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 21/09/2005
Código do texto: T52462

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916764 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:29)
Denise Severgnini