Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trídua


Na transparência d´alva camisola que insinua,
Por entre fendas, teu corpo pleno de emoção,
A suspirar delírios, transpirar desejos, semi-nua,
Sem mesuras, ao caminhar em minha direção.

Em um abraço, alço-te ao céu como se anjo,
E venerando, te elevo e te levo ao pedestal
De nosso leito, para te ver, derradeiro arranjo,
Acolhida ao peito, a despir tua veste angelical.

Vezes felina, enroscada nos lençóis da cama,
Não mais santa no andor, loucura, és Messalina,
Mesmo senhora de meu amor, agora és mucama,

Na exagerada paixão, na troca de corpos e beijos
Amor doçura, sem razão, ora mulher ora menina,
No tríduo que és: anjo, mulher, santa sem pejo.
LHMignone
Enviado por LHMignone em 21/09/2005
Reeditado em 30/09/2013
Código do texto: T52541
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LHMignone
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil
1319 textos (201523 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:32)
LHMignone