Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0462 - Estrela do caminho


 
Talvez não conheça nenhuma estrela,
não antes de viajar por um céu diferente,
fiz um caminho onde somente tinha uma estrela,
andei sobre um lençol de nuvens,
não tinha você, aprendi que só existe uma estrela.
 
Voltei pelo caminho deste mesmo céu,
uma luz me fez enxergar uma imagem incomum,
como se fosse um amor parado no meio
de uma estrada sem fim nem começo,
não sei para que sonhei, não sei para quê!
 
Então tentei falar do amor que senti,
andei em volta do seu corpo, amei-a assim,
não precisei dizer nada da paixão que vivia,
ela estava pronta, era um possível amor,
era você, minha estrela do caminho.
 
Vi o tempo que passava no meio do seu corpo,
era eu seu relógio de amor, era eu que precisava estar ali,
até que me escondeu dentro do peito apertado,
foram dúvidas da insegurança, mas falei de amor,
assim como lhe quero dizer do hoje,
te amo, eu te amo... nada mais é importante.
 
22/09/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 22/09/2005
Código do texto: T52656
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:13)
Caio Lucas