Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desculpa-me!

Desculpa-me!
 
 
Desculpa-me por te amar tanto assim!
Por te incomodar com o meu amor
que é demais
além do possível
e conta com os impossíveis!
 
O impossível de não te ver hoje,
de não ter tua boca para beijar.
Teus olhos para fitar!
Teu mel para trocar!..
Desculpa-me!
 
Não é culpa minha.
É a vida que não quer o nosso amor!
E, ainda insisto em te amar,
te esperar,
contigo ficar!..
 
Ah! MInha alma querida!
Vem, desce daí de onde estás.
Me enlaça,
me faças amor
senão não respondo por essa dor!
 
Teu é meu coração,!..
Desculpa-me,
preciso te amar!..
 
Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
 
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 22/09/2005
Código do texto: T52866

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:04)
Poeta Amor