Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS DOIS AMORES


Tive na vida dois amores:
Um a morte levou,
O outro na vida se perdeu.
Quando penso neles
A poesia aparece,
O dia acorda do sono
Para ver o sol nascer.
Conto à manhã os meus desejos,
Teatralizo a minha ternura
Sem texto de amargura.
Quero aplausos, muitos,
Pelos dias de felicidade,
Flores de todos os matizes
Caindo sobre minha cabeça.
Delas escolho uma para a tumba,
E outra para lançar ao mar
Para que a leve sobre as ondas
Pelos oceanos da terra
Até encontrar a praia
Dos amores perdidos.
Ficam as folhas espalhadas
Tapetando o tosco chão,
Do palco em que represento,
Com o verde da esperança
Que mora dentro de mim.

24/09/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 24/09/2005
Código do texto: T53487

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343295 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:42)
Maria Hilda de Jesus Alão