Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Creia-me!

Creia-me!


Quando já nada acreditar,
crerei no teu Amor!
Tudo, que tenho a fazer nesta vida
dorida, sentida,amada,
é crer em ti.
Como um ser sem luz,te procuro,
pois és a minha luz, em plena escuridão!
És Minha Estrela Guia num céu apagado!
Meu sol num entardecer sem brilho!
És minha vida, meu amado,
tudo que sonhei e recebi.
Quando vou ao campo, és a flor mais bela,
o pássaro mais cantante,
a água mais cristalina.
E para terminar com tanto Amor,
só há uma palavra
que tudo diz:
Creio em ti,
pois és a vida
esperada,
querida,
amada
que encontrei!
sem mais nada para falar:
Te direi;
" Creio em Ti"!

EDa Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br




   


   



Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 25/09/2005
Código do texto: T53591

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:18)
Poeta Amor