Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SARCÓFAGO

Velho sarcófago encapado de rancor
Sem vida, amorfo
Não mais profere, sente ou espera
Mas, tu vens!
Dilacera minha capa
Nega meu pudor
Rasga meu sorriso
Beija minha vida
Neblina minha razão
E, então, alienado de minha própria alma
Só consigo dizer: Te Amo!
VERSEIRO REIS
Enviado por VERSEIRO REIS em 26/09/2005
Código do texto: T53896

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
VERSEIRO REIS
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 33 anos
12 textos (1050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:42)
VERSEIRO REIS