Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JAMAIS SEREI

Dilacerei literalmente,
sem deixar vestígios,
esse desejo de te ver,
essa ânsia que vinha
matando meu ser.

Sempre houve uma fera
em meu interior, instigando,
a revivar um passado,
só para me ver sofrer.

Não sei o porquê
reviver acontecimentos
descabidos, se a crueldade
de caminhos enganosos,
somente levam à
lembranças de mentiras.

Domestiquei os impulsos danosos,
pensamentos tétricos e errantes,
assim como regras diretivas,
agora quero livrar-me de alguns ferimentos
que deixaram cicatrizes.

A vida têm, muitas vezes,
um tempo de humor doentio,
mesmo assim, não posso pagar
por aquilo que não fiz.

Tentar voltar,
mesmo em uma rápida utopia,
seria decretar meu renascer
no trêfego tempo que me fez sofrer.

Seria demasiadamente ruim,
a elasticidade de um sentimento
afinal, recomeçar
jamais me faria feliz, depois...
mesmo que não possa esquecer.
Wil
Enviado por Wil em 26/09/2005
Código do texto: T53900
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:36)
Wil