Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O espelho, essa dor

Todos os dias acordo me procurando no espelho.
Sei que não sou eu quem está ali.
No fundo daqueles olhos, alguém grita por socorro.
Alguém que quase não consigo ouvir.

Por que nos tornamos tão frágeis nas mãos do amor?
Por que é a ele que prestamos contas?

Todos os dias acordo pensando em mudar tudo:
Quero ser alguém de quem eu me orgulhe.
Mas o medo me espera na mesa do café
E me lembra que é difícil tomar uma atitude.

Por que dói tanto aceitar que um amor não deu certo?
Por que a vida não segue adiante?

Vivo a consciência de que o amor morreu. E daí?
Não é nada que não tenha me acontecido antes...
Mas dessa vez parece que não vou conseguir.
Estou fraca e triste; a felicidade me olha distante.

Por que deixei o amor consumir a minha energia?
Onde está a pessoa que já fui um dia?

Que espécie de dor é essa que encontro no espelho
Só porque não consigo mais te amar?
Quem foi que disse que tem que ser você
Aquele de quem eu sempre vou me lembrar?

Por que o fim de um amor não é só um novo começo?
Marisa Lemos
Enviado por Marisa Lemos em 26/09/2005
Código do texto: T54111
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marisa Lemos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
18 textos (1166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:50)