Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Mel da Cana


  Lendo seus poemas,
  sinto o corpo tremer.
  Você me alucina,
  me deixa louca de amor
  e saudade dos aureos tempos,
  em que tive a felicidade
  de estar enamorada.

  Retornou a adolescência,
  os hormônios estâo em alta.
  Quero sua doçura,
  o mel da cana de açúcar,
  seu corpo aqui no meu.
  Nós dois nos querendo muito.

  Estando informada
  quais os pontos essenciais,
  que enchem o homem de desejo,
  vou beijar e acarinhar
  esses pontos de atração.
  Na penumbra estaremos unidos,
  alma, corpo, coração.

  Há dias não escrevia,
  com tanta inspiração.
  Venha me abraçar,
  me beijar, fazer germinar
  esse amor que sentimos,
  essa história nova,
  deste nosso amor!
 

 
marlene andrade reis
Enviado por marlene andrade reis em 28/09/2005
Código do texto: T54609
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marlene andrade reis
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
250 textos (12508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:02)
marlene andrade reis