Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FERIDA

FERIDA


Que saudade eu tenho
do nosso tempo de amantes.
Entristeço-me agora,
nada é como antes.
Você foi a mulher,
me tirou do chão,
me fez voar com as asas da paixão.
Me fez homem,
me sentir o maior.
O amor fere profundamente,
tuas carícias eram o remédio
para curar a chaga
que no meu peito se abriu.
Agora, na tua ausência,
dói, dói, e dói.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 30/09/2005
Reeditado em 01/10/2005
Código do texto: T55115

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
690 textos (51218 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/04/17 10:08)
Mario Rezende