Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTO A DOR...

              canto a dor...
 
Mãos amofinadas desafinando claves emperradas
Na travas enganos. Som sem eco na tenebrosa noite.
Na garganta rouca a voz murmura, sem nada dizer
Diz qualquer coisa...Agoniza maldita  dor amor!

Enleio fluindo a dor surda, aflição denegrida
E muda. Empoeiradas silhuetas de renúncias
Arroteadas trevas. Tingindo a brancura Alba
Abrasando o cerne aquietando angústias...

Canta atmosfera descadenciando à sonata,
 Composta em partituras de mirradas pétalas
Silentes. Chorando falsetes abrumando flores,
No copular dos pombos em jasmins pungentes...

Deflorando sol pélago matinal! Braço-de-mar oscula
O ar ,exalando notas aromáticas, valsando vento.
Adocicando o fel de minhas luas uivantes. Canto a dor!
Poema ornado em guirlandas Liz, composto de amor...
 

Deth Haak

01/10/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 02/10/2005
Código do texto: T55716
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65373 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:00)
Deth Haak