Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alfabeto dos Corpos!

Alfabeto dos Corpos!
 
Numa sinfonia de Amor,
meu corpo procurou o teu!
Era um ballet de nossa vida,
querida.
amada,
sofrida!
 
Tomei-te no ar.
Fiz de ti melodia imortal,
dança no espaço sideral,
voei em pensamento,
enquanto nossos corpos
se entregavam,
como esse ballet divino
que só conhecem os que amam!
 
Contigo fiz o alfabeto inteiro da vida.
Não esqueci o "A " de Amar,
o " B" de Beijar
e o "G" de Gozar!
Continuei a aprender
o que se faz com corpos
que se amam e se entregam,
na hora sublime do gozo sideral...
 
Procurei-te!
Rocei minha língua na tua!
Inebriei-me e me inebriaste!
Ballet interminável,
dança cósmica,
gozo eterno!
Finalmente senti o espasmo,
dentro de mim!
Pulsações vibrantes
e a promessa de um " Je t'aime"
Pour toujours!..
 
Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
 
 
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 03/10/2005
Código do texto: T56285

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14774 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:30)
Poeta Amor