Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda não te possuo

O dia nasce lentamente
O dia corre acelerado
O dia morre de repente.
Todo dia igual...Que a gente nem sente.

Ás vezes você está do meu lado
Sim, te sinto mesmo ausente
Pretensão?
Não, antes sentimento.

Sempre fui assim.
Cai a noite e a lua me deseja.
Eu preciso te encontrar.
Forma mais especial das formas.

Amo-te e mentiria se falasse que não te conheço.
Já te conheço há tanto tempo.
Ainda não te possuo
Mas te conheço.

Um dia nos encontraremos
Cara metade...Alma gêmea
Seja como for, seja como queira
É para ti que entregarei todo o meu amor.

Ká Butterfly
06.10.05
Carolina Salcides
Enviado por Carolina Salcides em 06/10/2005
Reeditado em 06/10/2005
Código do texto: T57315
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolina Salcides
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 36 anos
133 textos (51290 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:07)
Carolina Salcides