Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU JÁ NÃO AGUENTAVA MAIS DE SAUDADES

Na suavida de uma noite,
e, depois de tornar uma realidade,
abraquei-a em meus sonhos...
Eu já não aguentava mais
de saudades.

Os dias transcorridos,
todos eles preguiçosos,
não me dizem nada,
só faziam chorar a minha alma,
e, eu já não aguentava mais
de saudades.

Por favor, agora,
para matar um pouco
o que vinha me matando,
entrelaça-me,
pois, já não aguentava mais de saudades.

Deixa-me sentir os seus beijos,
os mesmos, que não me cansava de
provar em todos os meus devaneios,
beija-me, de que forma for, mas beija-me...
já não aguentava mais
de saudades.

Venha,
quero realizar consigo,
o possível e impossível,
ser feliz como sempre quis,
venha...
já não aguentava mais
de saudades...

E depois de a aconchegar
nesse ninho que sempre foi seu,
não saia...
Se nada quiser dizer,
não diga,
apenas escute.
E mesmo assim,
vou conversar com seu silêncio
e, amá-la como sempre desejei,
afinal,
eu já não aguentava mais de
saudades...
Wil
Enviado por Wil em 08/10/2005
Código do texto: T57853
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84504 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:46)
Wil