Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0484 - Inferno de céu


 
Meu inferno se tornou céu,
enquanto o inverno é primavera,
germina paixão em minha pele
como se meu corpo fosse fera.
 
Lambendo o gozo do meu desejo,
volto minhas costas às tempestades;
enquanto outros choram partidas,
provoco seu tesão com minhas saudades.

10/10/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 10/10/2005
Código do texto: T58469
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116243 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:04)
Caio Lucas