Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As flores que não chegaram

As flores que não chegaram
Você sempre as recebeu
Não porque não as tivesse mandado para ti
Mas porque as arrancava de meu jardim
Mal cuidado e falto de mim
E a cada momento tão perto de tua distância
Não via relevância, sendo eu criança antiga,
deixar cair pétalas desajeitadas

Apostei na fragrância de meu olhar
E só o que pude em minha razão enxergar
Foi ver que tu não me vias
Foi pensar como pode alguém saber o que sinto
Se o que sinto ser amar
Só em mim posso não saber o que realmente sinto

Sem lastro não transponho fronteiras, não tenho passaporte
Adentro territórios em trajes irrisórios
Que nunca chamarão tua atenção
Mesmo sendo de ouro
Como um cego a procura de roseirais
Tateio os espinhos como se mestre fora capaz
Da mais pura rosa_aquela que te entrego quando dormes_
Deixar ao teu lado envolta em laço d´ouro
Como se a cada dia teu
Em mim fosse aniversário

E as flores não chegaram
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 11/10/2005
Código do texto: T58796
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:53)
leandro Soriano