Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conto de lagrimas

A noite sofre, cai em lastimas
Por que do seu amante é separada?
Infeliz a noite que se acaba me lágrimas
Hipócrita destino que faz da noite uma alma dilacerada

Opaco dia porque não brilhais?
Teu calor já não é tão forte
É porque vossa ama já não vê mais,
Entendo o motivo, pelo qual busca a morte

Ironia: lua que inspira tantos,
Sol que aquece namorados
Lua e Sol aos prantos
Os dois sofrem calados

Amor, insano amor
Amor, misterioso amor
Amor, amoroso amor!

Gustavo Fernandes
Enviado por Gustavo Fernandes em 12/10/2005
Código do texto: T59085
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Fernandes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 34 anos
55 textos (2018 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:10)
Gustavo Fernandes