Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

correntes do amor

ELA VIVE EM MINHA CABEÇA
   como um tumor
UM VENENO PARA MEUS PENSAMENTOS

LOGO IRÁ
realizar minhas LOUCURAS sexuais
 
eu beijarei sua boca que soluça por debaixo da mordaça
   vou me vingar das noites EM CLARO que fez-me passar
das masturbações obsessivas as quais me submeti

UMA VIDA DESPERDIÇADA por uma paranóia
Talves ela não chore por minha causa
o quanto eu chorei por ela na madrugadas
mas o choro dela
será por dor física
E NÃO POR AMOR COMO FOI O MEU

SERÁ LINDO O CONTRASTE DE SUA PELE BRANCA
com o sangue de jovem pura
NA NOITE EM QUE IREI ME LIBERTAR!
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 13/10/2005
Código do texto: T59244
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 05:50)
pedro carmo