Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAULA

Fiz de sua ausência
o meu mundo,
nele vivo mudo e,
alheio a tudo...

Aqui eu, exilado,
na inseparável companhia
do silêncio,
que tem com zelo,
disciplinado
a mentira de meu viver.

Cruel morada,
de assombroso aspecto,
mesmo assim o que ainda manifesta,
são os pensamentos,
que aventuram-se em alimentar
o desejo de reviver novamente.

Verdadeira contenda
entre o real e a fantasia do renascer,
sem que se perceba
a melodia do réquiem...

Assim, convém dizer adeus,
já não adianta mais sinalizar,
exauriu-se o fôlego da esperança,
para por termo a esta
sensível ausência de Paula...
Wil
Enviado por Wil em 14/10/2005
Código do texto: T59651
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:38)
Wil