Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOCÊ...

O pouco que resta de mim, pra mim é tudo...
E tudo é tão pouco, de tudo que se vê!
Quero pouco, mas pouco é muito, não me iludo,
Pois o pouco  depende muito de você!


Nesta vida desvairada, louca, insaciada,
do pouco, muitas  vezes, muito se prevê!
E tudo se explica com pouca explicação,
neste amor  imenso  que eu tenho por você!


Mesmo até nos poucos momentos de quietude,
no meu olhar tristonho todo mundo lê,
o muito medo que  esconder não pude,
de um dia eu perder um pouco  de você!



Mas se acaso este destino, que na vida eu sigo,
que os  caminhos  traça que ninguém prevê,
vier levar-te a qualquer hora para outro abrigo,
Eu te juro...Jamais esquecerei você!
Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 14/10/2005
Reeditado em 14/10/2005
Código do texto: T59709

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson de Medeiros
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
493 textos (66350 leituras)
11 áudios (2996 audições)
1 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:20)
Nelson de Medeiros

Site do Escritor