Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO VEJO A HORA

Não vejo a hora de sair em disparada
Correndo até a parada,
Sentar ao teu lado
Sem parecer abusado.

Não vejo a hora de saciar a sede do teu corpo com meu corpo.

Não vejo a hora de fazer parte do teu sonho
Poder despertar teus sentimentos,
Ouvir você gritar meu nome entre um beijo e outro
Para depois desfalecer de amor em meus braços.

Não vejo a hora de destravar a timidez e falar tudo sem medo de rejeição.

Não vejo a hora de ficar sozinho com você
Te despir por dentro e por fora,
Entrar e sair sem pedir licença,
Ser dono da situação.

Não vejo a hora de ligar o telefone
Só para ouvir a tua voz,
Só para saber que esta bem.

Não vejo a hora de deixar de ser amigo,
Para ser o homem da tua vida,
O cara que vai te dar prazer,
E te levar ao orgasmo.

Não vejo a hora de fechar a porta do quarto,
Tirar sua roupa e colocar junto a minha,
Preparar o meu melhor beijo,
Sabendo que a noite lá fora,
Esta apenas começando.

Não vejo a hora............


Adão Jorge dos Santos
Enviado por Adão Jorge dos Santos em 14/10/2005
Código do texto: T59733
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Adão Jorge dos Santos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
70 textos (8136 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:59)
Adão Jorge dos Santos