Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Meia-Noite

Essa luz que clareia a escuridão
Na fria noite de um verão tão quente
É uma janela de estranha visão
Que mostra à razão como se sente

Tão perto mas tão longe de tocar
Um vidro que uniu e agora isola
Não é uma fenestra para o olhar
Mas traz o que o coração consola

Deixemos esta tela mensageira
Que tanto fez mas agora não faz
P'ra vermos na janela verdadeira

Do olhar que então aquece dando paz
Ao suave toque em tal maneira
Que fará este verão menos fugaz
Charles Wolff
Enviado por Charles Wolff em 15/10/2005
Código do texto: T59775
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Charles Wolff
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 30 anos
6 textos (164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:45)