Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA DE DESPEDIDA A FAMÍLIA DA MINHA AMADA

NÃO ESPERO SER PERDOADO
NEM POR VOCÊS,NEM POR DEUS
NEM MESMO PELA JUSTIÇA
POIS ESTOU COM MINHA CONSCIÊNCIA LIMPA
TALVEZ UM POUCO MANCHADA
COM O SANGUE DELA(RISOS)
MAS FIZ OQUE DEVIA SER FEITO
NÃO PRECISAM SE VINGAR
POIS APESAR DE TUDO
EU AINDA A AMO E SEI QUE ELA TAMBÉM
LOGO LOGO ESTAREI MORTO
E ISTO ALIVIARÁ VOCÊS
BEM MAIS DO QUE ESTA CARTA
ESCRITA AS PRESSAS
PORTANTO ADEUS
CHOREM BASTANTE
E SAIBAM QUE NÃO ME ARREPENDO.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 15/10/2005
Código do texto: T59807
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:29)
pedro carmo