Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0493 - Minha paz


 
Sou a paz que mora no alto de uma torre,
que voa entre prédios de sonhos,
que separa a luz do amor, para que a luz do amor fique;
por entre céus enfumaçados, a paz,
sua paz de amor que junto me faz ir além da alma,
o seu amor é paz, minha paz de espírito.
 
Deixe que meus sonhos risquem este céu nublado,
estou a caminho da minha felicidade,
atravesso a cidade sobre sonhos despedaçados,
construindo meu dia dentro da paz que me dá,
largo a tristeza derramada em poças de lágrimas
e vou em direção aos seus braços, sonhando amor.
 
Acordei com seu calor colado em meu corpo,
cadê a coragem de levantar, estou com preguiça de sonhar,
quero sua paz no meu jeito de fazer carinho,
no seu jeito de me amar, não me acorde amanhã cedo,
preciso ir além deste desejo bruto que me ataca,
tenho em você a paz que em nada lembra a saudade.
 
17/10/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 17/10/2005
Código do texto: T60389
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116244 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:54)
Caio Lucas