Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR É ETERNO

SAUDADE DAQUELA CHOUPANA À BEIRA MAR
ONDE NOS AMÁVAMOS  POR INTEIRO
AO SOM DO REBENTO DAS ONDAS
E SEM NINGUÉM A ACOMPANHAR

AQUELE AMOR ERA VERDADEIRO
NOSSA PELE NEM PODIA SE TOCAR
ERA COMO BRASA NO PALHEIRO
COM AQUELE  FOGO A QUEIMAR.

NEM PRECISAVAMOS DE PALAVRAS
NOSSA COMUNICAÇÃO ERA PERFEITA
BASTAVA A TROCA DE OLHARES
 E A FRASE ESTAVA FEITA.

VIVÍAMOS  EM HARMONIA
 SEM NINGUÉM A TRAPALHAR
EU SABIA O QUE  VOCÊ QUERIA
 APENAS NA TROCA DE OLHAR.

ASSIM APRENDEMOS A COMPARTILHAR
VIVÍAMOS UM PARA O OUTRO
QUANDO  EU SAÍA PRA PESCAR
DA PRAIA VC FICAVA A OLHAR.

ATÉ QUE NUM DIA INFERNAL
EM MEIO A UMA TEMPESTADE
NÓS DOIS SAÍMOS AO MAR
E PADECEMOS SEM PIEDADE...

HOJE AINDA ESTAMOS JUNTOS
A MESMA ALMA , A MESMA EMOÇÃO
BRILHANDO LADO A LADO
COMO ESTRELAS DA MESMA CONSTELAÇÃO...










luiz fernando costa daher
Enviado por luiz fernando costa daher em 17/10/2005
Reeditado em 22/10/2005
Código do texto: T60553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luiz fernando costa daher
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 54 anos
325 textos (50398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:58)
luiz fernando costa daher