Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Doce Pietra!


Com mansidão chegaste soberana, sem aviso, sem alarde;
adentrou-se ao poder da luz, semente pura de emoção.
Chegaste com matizes delicadas, completando o arco-íris
com grandeza, tal nuance de beleza e rara cor.

Completaste o amor, suavizando mais o belo, enveredando
aos corações, alegrias já extasiadas de emoção.
Intensamente abraçaste minh’alma com o brilho de rubis!
Minha adorada! Minha filha aperfeiçoada!

Sublimada! Chegaste com delicado toque musical de harpas
emocionando meu coração! Teu nome Pedra...Pedra de luz!
E como um anjo, chegaste sorrindo, envolvendo-me,
com asas de candura, trazendo a sensação plena da doçura.



Homenagem à minha neta Pietra que acaba de nascer.


17/10/05
LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 18/10/2005
Reeditado em 27/04/2006
Código do texto: T61030
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (158637 leituras)
2 áudios (428 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:03)
LuliCoutinho