Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aventureiro

Tornei-me aventureiro
Peregrino de estrada desconhecida
Nesta estrada encontrei
Veredas e abismo.

Cada tropeço custava-me
Quase a vida
Ser aventureiro é trilhar
Por caminhos desconhecidos.

Sentia-me só
Nesta longa jornada
Quase errante
Muitas vezes deu-me

Vontade de desistir
Dessa longa jornada
E volto ao meu ponto de origem

Porém como em um toque de mágica
Apareceu um campo
Vasto para trilhar
Nasceu uma nova esperança

Tudo se restaurou
Tudo era novo
Descobre uma nova mulher
A sua voz aos meus
Ouvidos é canto

Suas palavras meigas
É minha melodia favorita
Sua presença transmite-me alegria
Li Trazia na pele
Toda negritude da noite

Os seus lábios quentes
Fazem queimar a minha alma
E acender o desejo do amor
Escondendo minha tristeza

Sua língua é como
Um favo de mel
Adocicando todos
Os meus momentos

Suas mãos parecem brasa
Incendiando todo o meu corpo
Tornando-me novamente aventureiro
Aventureiro do amor

Mostrou-me um novo
Rumo a ser tomado
Na minha vida
Aquela jornada

Que parecia pesada
Tornou-me mais leve
Graça minha a negra
Alegrou minha vida

Tornou-se minha musa
Nos momentos que fico só
Na calada da noite
Preso aos meus pensamentos.

Osvaldo Teles
Osvaldo Teles
Enviado por Osvaldo Teles em 13/09/2017
Código do texto: T6112841
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Osvaldo Teles
Salvador - Bahia - Brasil, 54 anos
73 textos (660 leituras)
70 áudios (1301 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/17 19:41)
Osvaldo Teles