Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0502 - É noite


 
Outra vez é noite em meus pensamentos,
são oito horas da manhã e é noite...
voltou a fugir a alegria,
o amor saiu pela porta da frente da minha alma,
voltei ao meu passado igual de tantos que fui...
 
É noite... o sol está alto, só o sol,
voltei às minhas profundezas da solidão,
mais uma vez é noite em minha vida,
apagaram-se as estrelas, o brilho da minha pele,
foi o amor, não o meu, o outro que me visitou...
 
É noite... estou noite, estou infeliz,
novamente meus pensamentos ficam vagos,
minhas letras voltam para anos atrás,
o poema fica mais uma vez sem melodia,
não sei se ainda estou vivo,
não depois desta noite, não depois do seu silêncio.
 
É noite...
Tentarei sair levando meu escuro,
caminharei devagar, ainda levando o amor,
talvez não queira mais nenhum talvez,
hoje preciso apenas ficar só, é noite em mim,
amar é compreender, ceder, sorrir...
mas o seu amor se fez noite, ficarei em silêncio...
 
21/10/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 21/10/2005
Código do texto: T61792
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:59)
Caio Lucas