Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras 0137 - Falando de você




Sei falar de amor quando está longe,
mas, de perto fico esperando o sonho,
não sei como, mas gelo,
espero seu beijo,
o abraço, sua boca na minha.


Então fala de amor, do seu amor,
e eu?
Paro, continuo ali gelado,
como adolescente na sua primeira vez
e você pensa que não é de verdade.


Abraço seus braços por fora do corpo,
olho seu cabelos, sorrio,
aliso devagar seus lábios
com os meus,
beijo e de novo sorrio.


Logo estamos de mãos dadas,
caminhamos uma só estrada, um só degrau,
um salto de cada vez, tempos em tempos,
os sonhos vêm e vão, realizados ou não,
e fica o amor, a paixão misturada aos beijos.


Quando vou embora não levo nada,
guarda meu amor com você, minha timidez,
aquele meu jeito pacato de sonhar, não pequeno,
nossos sonhos têm tamanho de sol,
suavidade de lua, a densidade da água.


Quero saber escrever pra você, sim.
Quem sabe uma carta,
um bilhete,
um carinho ao menos.
Não é apenas gostar, é amor, meu e seu.


22/08/2007

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 22/08/2007
Código do texto: T619026
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
4429 textos (116808 leituras)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 19:46)
Caio Lucas