Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor é Instável



A paixão quando se vai

Como caranguejo agente vem,

Só que andamos pra trás

E o crustáceo anda pra frente.


Cada um para o seu lado

Com o coração magoado,

A dor vai com o tempo

Mais a teimosia fica cá dentro.


Sem querer e de repente

Algo desperta na gente,

E sem saber o que se passa

Lá se vem mais uma trapaça


Mergulhamos novamente

Num copo de aguardente,

O coração fica contente

Até o bote da serpente.
Ulisses Maia
Enviado por Ulisses Maia em 23/08/2007
Código do texto: T619823

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Transferencia Bancaria para uma conta a indicar por mim.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses Maia
Luanda - Luanda - Angola, 54 anos
903 textos (71428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:49)
Ulisses Maia