Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NAU À DERIVA.

 Há noites em que  os ventos
 Não parecem fortes o bastante
 Para levar  a minha nau
 À terra firme dos teus braços.

 Não sei se continuo nadando
 Não sei se  me entrego aos ventos
 Não sei se espero ser resgatada por ti
 Ou, se morro na praia sem te ter.
Evelyne Furtado
Enviado por Evelyne Furtado em 25/08/2007
Reeditado em 31/08/2007
Código do texto: T622644

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyne Furtado
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
974 textos (121288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:27)
Evelyne Furtado