Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tardo amor

Tenho tanta vontade de não te dizer nada...
Mas não temos tempo para o silêncio.
Conta-me tudo!
Não me esconda nada!

Há muito amor para se fazer!
Amor atrasado,
acumulado.
Não podemos perder tempo com enganos,
se não nos amarmos logo,
eeremos soterrados
pelos anos.

Tenho tanta preguiça para dividir contigo ...
Mas não temos tempo para não fazer nada.
Depressa!
Olha quantos livros há para ler
poesias a escrever
beijos a dar
e ainda nem tomamos
todo o vinho que tínhamos que nos tomar!

Ah! Meu tardio amor!
Não gaste tempo com saudade,
vaidades,
inverdades.
Venha logo.
Dê pressa!
Marilda Confortin
Enviado por Marilda Confortin em 22/10/2005
Código do texto: T62417

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome de autor e link para www.marildaconfortin.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilda Confortin
Curitiba - Paraná - Brasil
85 textos (14289 leituras)
8 áudios (2951 audições)
3 e-livros (145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:44)
Marilda Confortin