Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi como senti...

Naveguei do fundo do olhar
Partindo do teu lado, naquele momento,
De nossa paixão se incendiar
Velejei em nosso amor como ao vento

Foi uma ida para o exterior
Mais interno de nosso sentimento
Fiz a maior exploração
Senti todo o teu primor
O mais livre firmamento
Mais imerso no teu coração

Cheguei a maior de todas as alturas
Indo direto ao ponto mais profundo
Vi a forma das mais belas figuras
Velejando em nosso próprio mundo

Passei pelo fogo, no calor mais intenso,
Senti frio, à medida que meu corpo aquecia,
Fui levado pela correnteza do oceano intenso
De delírio e satisfação que o gelo derretia

De repente, senti o mais puro aroma de flores,
Que provinha de um belíssimo jardim,
Havia rosas, margaridas e frutos, de todas as cores
Onde eras tu a beleza maior, de maravilhas sem fim

Atravessei o céu, as estrelas, passei a velocidade da luz,
Era mais que um sonho, essa viagem sem sair de teu lado,
Voei pelos vales, por onde nosso amor nos conduz,
Levando fantasia, por nossa paixão estimulado

Ouvi o som de um nume, cantorias como de anjos celestiais,
Eram orquestras, melodias suaves e fortes, incrível tenor
Era uma ópera da natureza, de vibrações fenomenais,
Que embalava nosso ritmo, interando nosso fulgor

Foi quando o sonho se interrompeu,
E aquele mundo dentro de nós se encerrara
De dentro de ti, voltei-me para o dia que entardeceu
E estando em mim, na memória, onde aquele sonho ficara
Nos despedimos, e sem tempo de sonhar, outro beijo me deu,
Em casa, ainda com encanto, um pequeno lamento me abateu:
“Que formidável sonho de amor, pena que nosso beijo terminara!”

Daniel C. Rodrigues
Daniel C Rodrigues
Enviado por Daniel C Rodrigues em 23/10/2005
Código do texto: T62662
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel C Rodrigues
Londrina - Paraná - Brasil, 30 anos
52 textos (3046 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:55)
Daniel C Rodrigues