Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADES

Saudade? Doce melancolia
Ora matizada de cândura
Ora com o verniz da amargura
Ora de poesias, sua textura
Ora repassada em ternura

Ternura do seu olhar,
Do seu sorriso tímido,
Meigo, discreto, vital
Qual afetuosa Monalisa,
A me fitar na sala de estar

Sentir saudade, é sentir n'alma
uma doce melancolia
que me faz recordar de novo,
Que finalmente te esqueci,
Viu como eu não me lembro mais de você?

Só que ao me lembrar que te esqueci,
A melancolia, abre nos seios d’alma:
Seu leque de lâminas esvoaçantes,
Me faz fragmentos de querer-te mais

A saudade é uma doce melancolia
Tem olhos de ressaca, Capitu?
Tem alma e pele de recém-nascidos
Mas uma obstinação de ser faquir

A saudade é uma doce melancolia
Que nos engolfa em ternos abraços
De abismos insondáveis,
Que ainda não foram catalogados,
estalactites dardejantes n’alma

A saudade é uma doce melancolia
Me fez flor,  sem côr
entre pastos multicoloridos, infinitos, poesias
Naquelas longas viagens sonolentas,
Pelos Campos Geraes,
De repente você passou,
me notou?

Sentir saudade, é sentir n'alma
uma doce melancolia
Lembra partida:
Atenção passageiros com destino a ...
Ultimo anuncio:
Embarque no portão M...

A saudade nos faz submergir
em doce melancolia, revolta?
Pois levastes nas suas canoas de ninfa
O sol do meu pôr-do-sol, e as liras maviosas,
entoadas, nos arpejos de seus encantos,
suas magias,

cessaram os banhos a deriva,
no seu mar de inefáveis quimeras
deixastes cadeiras vazias,
nos trapiches d’alma,
calaram-se as cotovias

fez dos sóis rosicler
pântanos sombrios
em meio a céus pálidos, descorados
debandaram meus cisnes perolados

Saudade, é sentir n’alma
uma doce melancolia...
embebida  em poesia.





davicartes@gmail.com
poesiasegirassois.blogspot.com



Davi Cartes Alves
Enviado por Davi Cartes Alves em 28/08/2007
Reeditado em 25/09/2007
Código do texto: T627085

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Davi Cartes Alves
Curitiba - Paraná - Brasil
788 textos (71230 leituras)
2 e-livros (115 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 08:50)
Davi Cartes Alves