Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hóspede da poesia (Musa poética)

Sou eu quem vive em tua poesia,
como num verso dado ao criador,
que ao enxergar com o seu imenso amor,
sente o divino orgulho de sua cria.

Se Deus soubesse quantas noites frias
dormi teus versos soltos no meu peito,
sonhei teu corpo me inundando o leito,
se Ele soubesse... compreenderia...

Porque me escondo em cada verso teu
por trás dos pontos de exclamação,
e apareço, em tua inspiração,
nas reticências que Ele nunca leu.

Oh! minha musa, Deus não te conhece.
Conhece apenas do teu coração
um pedacinho da minha paixão,
que se acorda quando adormeces.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 23/10/2005
Reeditado em 06/09/2016
Código do texto: T62734
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1334 textos (57794 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:53)
Herculano Alencar

Site do Escritor