Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Merecimento



Aqui deitado no topo do meu mundo
imagino e anseio pelo chamamento
do inolvidável habitante de Sírius
que me levará ao mais profundo recanto da tua alma
e o rio que todos os dias contemplo de perto
deixa de ser apenas um mero anseio
icem-se as velas da Caravela
a partida não é um mero delírio colectivo

Aqui deitado penso em ti
nas voluptuosas formas pelas quais suspiro
na inebriante alma que conheci no purgatório
durante a passagem pela tortura do vazio
preenchida com motivos coloridos
acabando em algo mais maduro
aparentemente desinteressante
introspectivamente brutal e acolhedor

E o vendaval de emoções obscuras
o medo da morte lenta
a sublimação de um desejo inalcançável
não me trouxeram o desalento
continuo então com a força dos imortais
a sabedoria dos espirituosos
a imaturidade própria dos crédulos
a insatisfação dos tormentos inacabados.

E ao ouvir a voz da loucura
ao ouvir apenas o som da escrita
das falhas de memória
a ansiedade que não teima  em desandar
sinto-me só
capaz de virar tudo do avesso
Acreditando em doses maciças de tentativas
De projectos de vida planeados ao acaso.

E mesmo sem nada de novo
Sem a vida simples dos amantes
Da urgência da noção primitiva
Do amor desencantado por meras sugestões...
Ensina-me então a sugerir
Mas algo mais terá que vir
A dança da vida contempla sempre novos passos
Firmes ou desencorajadores
Mas sempre com a aura de serem merecidos!

O amor é algo que deve sempre ser merecido!
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 28/08/2007
Código do texto: T627884

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (58972 leituras)
50 áudios (13972 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:15)
Manuel Marques