Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Sou fiel ao amor que sinto,
ao amor que habita meu corpo
aquele que ao prazer me induz,
a ele eu nunca, nunca minto.
Entrego-lhe o meu espírito absorto,
pois minha entrega é completa.
Sou inteira, sou livre, sei  e sinto,
que sou a sua predileta!
Sou fiel aos meus sonhos,
me desfaço, mas os faço realidade,
depois, então me recomponho...
pois sou contra a dualidade!

Uma mulher, e apenas um coração.
Um coração e apenas um amor.
Sou sua única paixão.
Sou no vaso, a única flor!




















TRANSPARêNCIA
Enviado por TRANSPARêNCIA em 28/08/2007
Reeditado em 12/11/2009
Código do texto: T627907

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Suavidade). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
TRANSPARêNCIA
Campinas - São Paulo - Brasil
732 textos (39462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:22)
TRANSPARêNCIA