Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras 0144 - Minha vida



 

A paixão é pensamento viajante dos meus dias,

como cores que se multiplicam no pôr-do-sol,

voltando a ser apenas noite,

escurece quando a porta se fecha após o beijo.

 

 

Não construo muros à volta de meus sonhos,

a realidade não se mede por distâncias,

toquei meu hoje, provoquei o desejo,

rodei no ar as estrelas do meu céu e fiz acontecer.

 

 

A ilusão é meu pedaço de caminho aberto,

aprendi a desenhar nas sombras dos amanhãs,

encontrar trilhas em corpos que não falam,

na verdade todos debaixo do sol só querem amar.

 

 

Ontem temia a solidão, hoje temo o amanhã,

quando não tiver nada a temer,

serei apenas um nome numa pedra fincada

em um lugar vazio de vida e fraco de amor.

 

 

Escolhi expor minha alma em uma vitrine de vidro,

espalhei os meus desejos em uma cama larga,

ofereci meu ombro para um breve descanso,

sorrio, mesmo quando a alegria demora um instante.

 

 

Hoje existe, como a realidade do meu amor,

o ontem evaporou junto com o vazio do corpo,

tenho liberdade para meus desejos de homem,

enquanto viver, enquanto ela me fizer sonhar.

 

 

28/08/2007

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 28/08/2007
Código do texto: T628355
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
4429 textos (116809 leituras)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:56)
Caio Lucas