Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRAGMENTADOS


Linha de sombra lânguida
Impressões armazenadas
Lentamente superfície pele
O desenho era mais do que
Um desejoso belo ornamento
Falta de sentido que se tem
Adormecendo as evidências
Na morada deste meu ser

O amor que se tem é poesia
O amor que se quer é desatino
A paixão palpita em alvoradas
Amor próprio à revelia total
Ainda a linha áurea de desejos
Antítese da tristeza que assola
Anfitriã sensual de meus dias
Romana mesclada de Espanhola

Se a angústia cala o peito
Desanda os versos como
Num desarranjo aneróxico
Da alma em dores tantas
Neste anonimato entre
Solidão e mundo de rubro
Confudem meu espírito andarilho
Que nas asas da liberdade sempre amará...

Luiza De Marillac Bessa Luna Michel
Luiza De Marillac Bessa Luna Michel
Enviado por Luiza De Marillac Bessa Luna Michel em 29/08/2007
Código do texto: T628696

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza De Marillac Bessa Luna Michel
São Paulo - São Paulo - Brasil
2730 textos (108840 leituras)
2 áudios (265 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 06:50)
Luiza De Marillac Bessa Luna Michel