Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amor 30

diz sentir velho na cama
natureza sentido pobre
do jeito de correr das águas
cansou de subir na montanha
passei com o sol nas costa
não quiz saber do gelo
fui atrás deste espirito
livre no topo da geleira

da linguagem dos meninos
lembro das brincadeiras
do contexto das palavras
do pequeno contado da boca
da menina que tinha partido
ao longe carrega as feridas
da dor do amor perdido

abriu os olhos no gelo
na montanha coberta de nevoeiro
achei que dava para correr
assim somou a minha estaca zero
aqui no fim do mundo gelado
dentro do conceito aberto
estava mudando o rumo da linguagem

não tive paciência para esperar o sol
desta perplexidade das noites de frio
com uma vontade de ver o mar
tenho o desprezo do meu amor
que passou no topo da montanha
ver o infinito perto do coração
dos amores esquecido no peito
voltei com um espirito mole
para paixão de outros amores
Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 29/08/2007
Reeditado em 29/08/2007
Código do texto: T628743
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
632 textos (25404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:22)
Edilley Possente