Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amor 34

primavera chega sem sua permissão
 
                                      o sol esta se pondo,   agora sei por que chora
                                             você não tem o dia sem perdão,   no fim do mar azul
                                                        pelo amor perdido,   você na praça do além
                                                        seus olhos está chorando,   não tem como disfarçar
                                                  procurando o amor perdido,   na perda do seu amado
                                                                                                as lágrimas do seu coração,   nas altura celestial
                                                                 
                                                                  a lua chega na escuridão,   percorre sua alegria
                                                       nas manhãs fria de verão,   seu coração vai chorar
                                                    a solidão estreita sua alma,     nas noites de solidão
        agora você tem a permissão
                                                       de amar meu coração
                                                                                               no calor de suas mãos
                                                                                                                                       tem a paixão no peito
                    de longo beijo no chão
                                                           nos amamos sem pudor
                                                                                                       nas primavera de verão  
Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 29/08/2007
Código do texto: T628856
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
632 textos (25398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 17:09)
Edilley Possente