Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAREI OU, PARARAM ...NÃO SEI.

Parei, por entender
que sempre estive
sozinho.

Agora, vou permanecer
sentado em um canto
que a vida ofereceu.

Serei eu, apenas eu
a dialogar comigo mesmo,
e talvez as próprias lágrimas
passe a enxugar, nada mais.

Os ideais não serão muitos
nesta nova realidade,
afinal, nunca fui nada,
e, hoje que sou eu?

Ainda que sozinho, continuarei sonhando
quiçá para abrandar meu estado
de clausura,
algoz implacável e sem igual
desta amargura.

Lembranças? Como terei!
Principalmente quando
os livres pensamentos
adentrarem no estágio de alegria,
por conviver na passageira e irreal alegoria.

A margem da vida, e,
quando as expressões melancólicas
se manifestarem, espero que a
causa...não vasculhe e sorria,
em razão do meu estado de nostalgia...

Parei ou, pararam...não sei!
Wil
Enviado por Wil em 24/10/2005
Código do texto: T62986
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2623 textos (84629 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:18)
Wil