Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESPERA DO MEU AMOR


As margens da rodovia,
fico a sua espera olhando para norte e sul,
na certeza de que virá me buscar,pra minha alegria ...
Todos esses dias tem sido de saudade,
cada instante são renovadas as minhas esperanças.


Por muito tempo tenho te esperado,
certo de que viveremos dias de felicidade.
De nada importa qual será nosso destino,
se o nosso futuro já está enlaçado.


Tenho estado a sua espera,
longe do barulho da cidade,
das recordações, dos dias de solidão;
de nada estou arrependido porque estou seguindo
o que me vem aconselhando meu coração.

 
 
Ah!,nem imaginas quais as angústias desta longa espera ...
Oh!,senhora do meu eterno amor.
Meu maior presente será a fidelidade,
pelos dias tristes que vivi com sua ausência.
Quanta saudade!,reencontrar meu único amor: quem me dera !


De longe quando consigo te avistar,
vejo que vens sorrindo...,por mais que tenha passado tempo;
continuas quão formosa.
Não vejo a hora de te abraçar,de poder te beijar,
de entregar-te essa perfumada rosa.

Valeu essa longa espera nesta escura rodovia,
agora que estás novamente comigo, meu doce amor,
para nos abençoar,eis que,nasce no horizonte,o novo dia.
CARLOS BOSCACCI
Enviado por CARLOS BOSCACCI em 24/10/2005
Código do texto: T63054
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS BOSCACCI
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 33 anos
401 textos (25451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:40)
CARLOS BOSCACCI