Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

beijo transmitido

pelo telefone
fiquei sabendo o seu nome
a voz chegou-me
aveludada e macia
parece-me que a merecia
do beijo a cor eu seria
capaz de adivinhar
e o seu sabor poderia
com ele me embriagar
não fossem as fibras óticas
estendidas de um poste a outro
por entre meus cerebelos
por baixo daqueles cabelos
que ainda restavam comigo
talvez como algum inimigo
difícil de derrotar
senão tanto não durariam
sem terem alguém pra olhar

essa bobagem que escrevo
por certo não me dá prazer
mas eu o faço e você
nem sabe do que se trata
eu fico é com a ingrata
conta do telefone
que me habilita a seu nome
ter de outra vez escutar
quando eu for lhe ligar
e você quiser atender
com aquela voz que me acaba
com aquele beijo de cor
e daquela boca o sabor
que gosto de imaginar


Rio, 23/08/2007
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 31/08/2007
Código do texto: T631892

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6796 textos (147451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 12:18)