Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NADA PODIA PROMETER...

Mesmo triste e calado
Continuarei a pensar em ti
Em ver-te e ouvir-te
Em olhar-te de forma diferente
Ainda que não a teu lado
Poder falar contigo
Em ter-te á minha frente
Penso também em silêncio
No que te poderia dizer
Não sei como seria
Nada podia prometer
Seria bom com certeza
Um momento especial
Desculpa-me se penso assim
Não me leves a mal
Porque sobre o poderia dizer
Nada podia prometer
Raul Cordeiro
Enviado por Raul Cordeiro em 31/08/2007
Código do texto: T632162

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Cordeiro
Portugal, 51 anos
65 textos (1829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 23:38)
Raul Cordeiro