Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sexo

Em breu ao anil vil e perspicaz,
Por lapidações malucas de cristais,
Fugindo do difícil caminho do tédio monogâmico
Por mais que não me apavore.

Aos termos da felicidade
Dou-lhe amor incondicional,
Que se extingue ao ver a comoção da pluralidade do sexo,
Procuro o prazer encontrado em corpos estranhos,
Com as relações conectivas de órgãos genitais,
Feitos tremendos de nostálgicas fricções,
Gozos em patês oriundas do corpo,
Segundos de firmes e únicas emoções humanas,
Com lagrimas de solidão no interior.

Gemidos,
Prosseguidos de Silencio,
A escuto logo depois,
Adeus...
giullyano cordeiro dos santos
Enviado por giullyano cordeiro dos santos em 01/09/2007
Reeditado em 09/07/2010
Código do texto: T634135
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
giullyano cordeiro dos santos
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 29 anos
56 textos (35143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:17)