Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sua Falta



Pela calada do dia,
Calada permaneci...
Nem se quer sorria!
Deitei-me, adormeci.

Sem sol, sem brilho,
Sem vida, sem luar...
Não há nem estribilho,
Quando não posso amar.

Mas, quando o sol raia,
Com ele, vem você.
Apareça, não saia,
Esse amor só faz crescer.

Passamos o dia juntos,
Entregues nós fomos.
Nossos corações estão prontos,
Formemos as malas e vamos.

O infinito é apenas o começo
Calada? Não estou mais!
Na calada do dia, não emudeço,
Com você, sou Veri. Nada mais...



10/08/07
Veridiana Rocha
Enviado por Veridiana Rocha em 02/09/2007
Código do texto: T635962

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Veridiana Rocha
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
411 textos (315704 leituras)
2 áudios (454 audições)
2 e-livros (211 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:15)
Veridiana Rocha