Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVER É MESMO ASSIM

A tarde vem sozinha emaranhada
Sem a Lua a acompanhar
Enquanto ela vem luminosa
O Sol vai descansar
Os dois fazem um lindo par
E fazem os dias como são
Lindos e às vezes tristes
Às vezes uma ilusão
O sol e a lua são a vida
Todos pensamos que sim
Por muito que não queiramos
A vida é mesmo assim
Às vezes triste e cinzenta
Outras, alegre e luminosa
Outras ainda pior
Como os espinhos de uma rosa
Não vale a pena pensar
Em contrariá-los
Porque eles vão e vêm
São como o Amor
Só valem para quem o tem
Não vale a pena chorar
Dizer que não ou que sim
No que o Sol e Lua trouxerem
Viver é mesmo assim
Raul Cordeiro
Enviado por Raul Cordeiro em 03/09/2007
Código do texto: T636334

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Cordeiro
Portugal, 51 anos
65 textos (1829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:42)
Raul Cordeiro