Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELA AMOU, EU AMEI:


Ela amou, eu amei:


Hoje você me provocou
Disse-me, que eu não tinha palavra.
Que as palmada que eu havia prometido.
Jamais eu teria coragem de lhe dar.
Sorrindo lhe respondi que sim.
Mas tinha coragem para outras coisas.
:- o que, ela me perguntou, eu respondi.
:- isso, a tomei nos braços, seus lábios beijei.
Peguei a no colo, para cama levei.
Sem pressa, de lá chegar.
Seus lábios, a beijar, voltei.
Sua pele pela primeira vez toquei.
Senti seu corpo contra o meu, queimar.
Pedindo-me amor, amor eu lhe dei.
Pela primeira vez, ela amou.
Pela primeira vez, eu lhe amei.
As palmadas prometidas.
Jamais tive coragem de lhe dar.
Mas tive coragem suficiente.
Para lhe ensinar, como se deve amar.



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 26/10/2005
Código do texto: T63688
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:40)
Volnei Rijo Braga